Home  //  Informações  //  Última Notícias  //  Tradicionalismo
Tradicionalismo
Por Administrador   
Quarta-Feira, 25 de Maio de 2016, 11:59.

 

18ª Região Tradicionalista novamente tem a 1ª Prenda Adulta do RS


Em seus 46 anos de história, o concurso de prendas consagrou-se como um dos principais eventos culturais e artísticos do tradicionalismo no Rio Grande do Sul. Reunindo as 30 regiões tradicionalistas, com exceção da 40ª Região Tradicionalista (RT), que não pode participar do evento, a Ciranda apontou na madrugada de domingo (22) as representantes da cultura e da beleza da mulher gaúcha nas categorias Mirim, Juvenil e Adulta.

Prendas de todas as regiões do estado movimentaram a Passo Fundo, que de forma tradicional e regulamentar, o evento sempre é realizado na região representante da 1ª Prenda do Rio Grande do Sul. Ao todo, 73 candidatas, buscaram o título máximo das prendas do Rio Grande do Sul. Foram aplicadas provas: escrita, artística, oral, mostra folclórica) ou arte tradicional) e relatório de atividades, conforme regulamento do MTG.

Pela 18ª RT, participaram as prendas: Roberta Jacinto, 1ª prenda adulta, representando o CTG Prenda Minha de Bagé; Kamilli Alves Bautista, 1ª prenda juvenil, representando o DC Alma Gaúcha de Dom Pedrito e Antônia Xavier Muro, 1ª prenda mirim, representando o CTG Herança Paternal de Dom Pedrito.

Resultados da 46ª Ciranda Cultural Gaúcha


Já era quase 3h da madrugada de domingo (22), noite que dificilmente Roberta Jacinto esquecerá. Cerca de 1.300 pessoas participavam do Fandango no CTG Lalau Miranda quando o cerimonial da 46ª Ciranda Cultural Gaúcha, formado por Airto Glademir Timm e Andressa Pagnusatt, anunciou a representante do estado, como 1ª Prenda. O concurso realizado pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), que este ano completa 50 anos, através da 7ª Região Tradicionalista e o CTG Lalau Miranda recebeu o maior número de participantes dos últimos anos.

Na categoria Adulta, Roberta Barbosa Rodrigues Jacinto, do CTG Prenda Minha ficou em primeiro lugar; na segunda colocação, do CTG Piquete da Querência, de São José do Ouro, Luíse Moraes; e em terceiro lugar, Carolina Amaral Ehlert, do CTG Querência Crioula, de Giruá.

Na categoria Juvenil, Giovana Pertuzatti Rossato, do CTG Rodeio da Querência, de Frederico Westphalen; em segundo lugar ficou Dayala Marina Ubessi Streit, do CTG Rancho dos Tropeiros, de Ibirubá; e na terceira colocação, Luana Rachel Wojciechowski, do CTG Os Legalistas, de Santo Ângelo.

Já na categoria Mirim, Nicoly Cimento, do CTG Sentinelas do Pago, de Marau, em primeiro lugar; na segunda colocação, Ana Luísa Antoniolli, do CTG Retorno à Querência, de Nova Prata; e Isabella Nunes da Silva, do CTG Estância da Serra, de Osório, em terceiro lugar.

A primeira candidata da 18ª Região Tradicionalista a conquistar o título de 1ª Prenda do Rio Grande do Sul, foi Lana Maria Corrêa Prates, representante do CTG Rodeio da Fronteira que participou de concurso realizado em paralelo ao 27º Congresso Tradicionalista, que ocorreu na cidade de Dom Pedrito, em 1972.

 
Fonte: MTG - Movimento Tradicionalista Gaúcho
Fotos: TV Tradição

Todas as Notícias

Cidade

Tradicionalismo

Geral

Agronegócios e Meio Ambiente

Notícias do Executivo

Notícias do Legislativo

Polícia

Saúde e Lazer

Previsão Climática

Voltar ao topo