Home  //  Informações  //  Última Notícias  //  Saúde e Lazer
Saúde e Lazer
Por Adminitrador   
Quinta-Feira, 12 de Fevereiro de 2015, 09:06.

 

Situação do abastecimento alerta para cuidados e uso racional da água


O aumento do consumo de água no verão e a carência no abastecimento em diversos estados brasileiros constituem um alerta para que o consumidor faça o uso consciente da água e também esteja atento a sua qualidade e potabilidade. No Estado, o Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS/RS) coordena o Programa Vigilância da Água para Consumo Humano (VIGIAGUA/RS) que segue as diretrizes estabelecidas pelo Ministério da Saúde e tem, como principal função, assegurar que a água distribuída à população atenda aos padrões de potabilidade estabelecidos pela legislação vigente (Portaria MS 2914/2011). O objetivo é, por meio de ações contínuas,prevenir doenças de veiculação hídrica como diarreia, hepatite infecciosa, cólera, febre tifoide.

A coordenadora do VIGIAGUA/RS, engenheira química Julce Clara da Silva, revela que, em 2014, a quase totalidade dos municípios (99%) coletou amostras de água em sistemas e soluções alternativas de abastecimento, contabilizando a realização de cerca de 226 mil análises de parâmetros básicos, que medem a qualidade da água.

De acordo com ela, atualmente, o Rio Grande do Sul possui cerca de 84% da população com acesso à água tratada. Só a Companhia Riograndense de Saneamento (CORSAN) atende a 321 municípios gaúchos e cerca de sete milhões de usuários. “A parcela da população que utiliza água não tratada, como poços, vertentes ou fontes naturais, deve ferver a água por pelo menos cinco minutos ou adicionar duas gotas de hipoclorito de sódio a 2,5% em cada litro de água, deixando em repouso por 30 minutos”, explica. O hipoclorito é fornecido pelo programa VIGIAGUA e pode ser retirado gratuitamente nas secretarias municipais de saúde.

Julce destaca ainda a importância da limpeza e desinfecção de poços, reservatórios e caixas de água que deve ser realizada, no mínimo, uma vez por ano, sendo recomendado a cada seis meses. “A partir do uso consciente e racional e da adoção das medidas preventivas, estamos reconhecendo a relevância da água na vida e na saúde das pessoas, principalmente por ser um bem público e finito”.

O VIGIAGUA atua nos sistemas de abastecimento de água e nas soluções alternativas de abastecimento de água coletivas e individuais. Os 497 municípios do Estado têm por responsabilidade executar as ações previstas no programa, entre outras, coleta de amostras de água, avaliação das análises laboratoriais e interpretação sistemática dos dados de controle de qualidade, gerados pelos sistemas de abastecimento. Inclui ainda a adoção de medidas administrativas para evitar ou minimizar riscos associados à produção e ao consumo da água.

 
Fonte: Secretaria de Saúde do RS
 

Todas as Notícias

Cidade

Tradicionalismo

Geral

Agronegócios e Meio Ambiente

Notícias do Executivo

Notícias do Legislativo

Polícia

Saúde e Lazer

Previsão Climática

Voltar ao topo