Home  //  Informações  //  Última Notícias  //  Saúde e Lazer
Saúde e Lazer
Por Adminitrador   
Quinta-Feira, 23 de Outubro de 2014, 09:32.

 

Anvisa proíbe venda de lote de Açúcar Nevada e outros produtos


Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), publicada ontem (22) no Diário Oficial da União, proíbe a distribuição e a comercialização, em todo o território nacional, do lote MO5-LOT 0307, com validade até 7 de março de 2016, de açúcar cristal da marca Nevada, fabricado por Mercavale Mercantil Vale do Sol Ltda.

De acordo com o laudo do Instituto Octávio Magalhães, da Fundação Ezequiel Dias, o produto apresentou resultado insatisfatório na análise de matéria estranha macroscópica e microscópica. Foi constatada a presença acima do limite de tolerância de excremento e de pelo de roedor. A Anvisa destacou que o lote apresenta risco à saúde humana e falhas das boas práticas.

Procurada, a empresa Mercavalle Mercantil Vale do Sol garantiu que o lote citado foi comercalizado apenas na cidade de Santa Luzia, em Minas Gerais, e que os produtos foram recolhidos das prateleiras em março deste ano pela Vigilância Sanitária.

Mais produtos suspensos


A agência determinou também a suspensão da distribuição, comercialização e do uso de sete lotes do produto Colgate Periogard sem Álcool Solução Bucal 250 mililitros. Os lotes foram fabricados entre 21 e 26 de fevereiro de 2014, pela empresa Colgate-Palmolive Industrial Ltda. O fabricante comunicou o recolhimento voluntário dos lotes após detectar níveis microbiológicos acima dos limites para a bactéria Burkholderia cepacia. Segundo a Anvisa, a bactéria é uma das mais resistentes encontradas em hospitais e se trata de um germe oportunista, mais comum em pacientes imunodeprimidos e com fibrose cística. Os lotes suspensos são os (L) 4053BR122C, (L) 4054BR121C, (L) 4054BR122C, (L) 4055BR122C, (L) 4056BR122C, (L) 4057BR121C e (L) 4057BR122C.

Cinco lotes do medicamento Dorilen, solução injetável 50 amp x 2ml (dipirona + cloridrato de adifenina + cloridrato de prometazina) também foram suspensos. A empresa fabricante, Legrand Pharma Indústria Farmacêutica Ltda, comunicou o recolhimento voluntário dos lotes em razão da presença de partículas em algumas ampolas dos lotes 538237.1, 538237.2, 538237.3, 578633.1 e 578633.2.

A Anvisa suspendeu a distribuição, comercialização e o uso dos lotes 1100514, com data de vencimento em setembro de 2015, do xampu Equilibrante TMN Turmalina Plástica dos fios; 1300514 – validade até outubro de 2015 – do xampu Marroquina Step 1; 1300515 – validade até outubro de 2015 – do xampu Bio Thermic Anti Resíduos; e do lote 1400415 – validade até outubro de 2015 – do xampu Bio Thermic Repositor, marca Beaty Hair. Os produtos, fabricados pela empresa Luso I Comércio e Indústria Ltda, apresentaram resultados insatisfatórios no ensaio de determinação de Ph.

Já a suspensão da fabricação, distribuição, divulgação, comercialização e do uso de todos os lotes do produto Máscara Simidefinitiva 2 – New Liss Hair, uso profissional e volume de um litro, se deve ao resultado insatisfatório obtido no ensaio de Análise de Rotulagem e Teor de Formaldeído e à ausência de registro ou notificação. O produto é fabricado pela empresa Hero Cosméticos Indústria e Comércio Ltda.

Também foram suspensas todas as tintas para tatuagem das marcas Alla Prima e Bloodline. Os produtos não têm registro na Anvisa.

Pelos de roedores são 'tolerados' em alguns alimentos


Quando a Anvisa anuncia a suspensão de algum produto por conter pelos de roedores ou de fragmentos de insetos acima do limite tolerável costuma causar surpresa nos consumidores, que nem sempre sabem que a agência permite uma quantidade dessas substâncias em alimentos vendidos no país. O que acontece é que esse parâmetro está previsto na resolução RDC 14/2014, que define limites de tolerância para matérias estranhas em alimentos e bebidas.

De acordo com a Anvisa, é considerado um item estranho qualquer material que não faça parte da composição do alimento e que possa estar associado a condições inadequadas de produção, manipulação, armazenamento ou distribuição.

Em molhos, polpas e extratos de tomate e ketchup, por exemplo, o limite é de até dez fragmentos de insetos ou um fragmento de pelo de roedor para cada cem gramas.

No café torrado e moído, o limite é de 60 fragmentos de insetos a cada 25 gramas. No chá de camomila, a agência admite a presença de até 90 fragmentos de insetos ou até cinco insetos inteiros mortos, exceto os indicativos de risco para à saúde, em 25 gramas do produto.

Na canela em pó, o limite é de um fragmento de pelo de roedor ou 100 fragmentos de insetos em 50 gramas da especiaria. A Anvisa explica que essa resolução considera características típicas de determinados alimentos que podem dificultar uma ausência total de matérias estranhas: "É o exemplo da canela, extraída da casca de uma árvore e que pode eventualmente carregar fragmentos de insetos".

Ainda de acordo com a Anvisa, o padrão de limite de tolerância está “entre os mais rígidos do mundo, se compararmos com países que são referência na regulação de alimentos”.

 
Fonte: G1/Abril/Extra
 

Todas as Notícias

Cidade

Tradicionalismo

Geral

Agronegócios e Meio Ambiente

Notícias do Executivo

Notícias do Legislativo

Polícia

Saúde e Lazer

Previsão Climática

Voltar ao topo