Home  //  Informações  //  Última Notícias  //  Saúde e Lazer
Saúde e Lazer
Por Adminitrador   
Terça-Feira, 24 de Março de 2015, 09:39.

 

24 de Março - Dia Mundial de Combate à Tuberculose


A data foi criada em 1982 pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em homenagem aos 100 anos do anúncio do descobrimento do bacilo causador da tuberculose, ocorrida em 24 de março de 1882, pelo médico Robert Koch.

Segundo estimativas da OMS, um terço da população mundial está infectada pelo Mycobacterium Tuberculosis  e em risco de desenvolver a doença. Há cerca de 8,8 milhões de doentes e 1,1 milhão de mortes por ano no mundo.

O Brasil ocupa o 17º lugar entre os 22 países responsáveis por 82% do total de casos de tuberculose no mundo. Embora seja uma doença passível de ser prevenida, tratada e mesmo curada, ainda mata cerca de 4,7 mil pessoas todos os anos no Brasil. Médicos Sem Fronteiras alerta que o número de casos de tuberculose multirresistente cresce de forma alarmante. Mecanismos de diagnóstico e medicamentos ultrapassados e extremamente caros, além do financiamento insuficiente, facilitam a propagação da doença. É necessária uma resposta urgente para evitar que tuberculose multirresistente se alastre ainda mais.

Números da doença no Brasil

Cada paciente com tuberculose pulmonar que não se trata, pode infectar em média 10 a 15 pessoas por ano. Alguns fatores contribuem para a disseminação da doença, tais como a pobreza e má distribuição de renda, a AIDS, a desnutrição, as más condições sanitárias e a alta densidade populacional.

Assim, o alerta é pelo incentivo à realização do exame, que é gratuito. Trata-se de um exame de escarro - em todos os postos de saúde são disponibilizados potes e orientações para essa coleta.

Apenas em 2014, foram notificados, na região, 66 casos de tuberculose.

Contágio


A transmissão é feita de pessoa para pessoa, por meio de gotículas eliminadas pela tosse com o bacilo transmissor (bacilo Koch) e inaladas. Flávia, assim, lembra que quem estiver tossindo por mais de duas semanas, com ou sem secreção, deve procurar um posto para fazer a coleta. Se for tuberculose, o tratamento é iniciado imediatamente e a cadeia de transmissão é interrompida.

Tal tratamento também é gratuito e dura seis meses. Ocorre por meio de um antibiótico: apenas um comprimido, que deve ser administrado de uma a quatro vezes ao dia. É importante destacar que o quadro pode ser mais perigoso para quem já tenha Aids, diabetes, insuficiência renal crônica, além de atacar mais forte também idosos doentes, alcoólatras, viciados em drogas e fumantes, ou aqueles em condições de desnutrição.

Sinais e sintomas mais frequentes


  • Tosse seca ou com secreção por mais de duas semanas, podendo evoluir para tosse com pus ou sangue;
  • Cansaço excessivo e prostração;
  • Febre baixa geralmente no período da tarde;
  • Suor noturno;
  • Falta de apetite;
  • Emagrecimento acentuado;
  • Rouquidão.

Alguns pacientes, entretanto, não exibem nenhum indício da doença, enquanto outros apresentam sintomas aparentemente simples, que não são percebidos durante alguns meses. Pode ser confundida com uma gripe, por exemplo, e evoluir durante 3 a 4 meses sem que a pessoa infectada saiba, ao mesmo tempo em que transmite a doença para outras pessoas.

 
Fonte: MSF - OMS
 

Todas as Notícias

Cidade

Tradicionalismo

Geral

Agronegócios e Meio Ambiente

Notícias do Executivo

Notícias do Legislativo

Polícia

Saúde e Lazer

Previsão Climática

Voltar ao topo