Home  //  Informações  //  Última Notícias  //  Cidade
Cidade
Por Adminitrador   
Sexta-Feira, 10 de Abril de 2015, 14:51.

 

Escolhido o patrono da 11ª Feira do Livro de Dom Pedrito


Na manhã de sexta-feira, 10, a Comissão Executiva da Feira do Livro de Dom Pedrito junto com o prefeito Lídio Dalla Nora Bastos, se reuniu no salão de atos da prefeitura para a escolha do novo patrono da feira deste ano. A escolha aconteceu em forma de votação, quando cada integrante apresentou o seu candidato e um breve histórico do indicado.  Nelso da Silva Oliva foi eleito o patrono da 11ª edição da Feira do Livro.

O maior evento cultural do município acontece entre os dias 5 e 11 de outubro na Praça General Osório. A patrona da 10ª edição foi a professora Eva Portilho.

Histórico do patrono da 11ª Feira do Livro


"Nelso da Silva Oliva, nasceu em 13 de outubro de 1939. Casado com Nilza de Vargas Oliva e pai de Paula e Cristiano.

Iniciou sua dedicação à cultura do RS na década de 70, quando ingressou na patronagem do CTG Rodeio da Fronteira.

Em 1982, assumiu a Coordenadoria da 18ª Região Tradicionalista.

Logo em seguida, foi eleito Conselheiro do MTG – Movimento Tradicionalista Gaúcho.

Após anos de pesquisa, demarcou no interior do município, toda a rota da Revolução Farroupilha, colocando um marco histórico (réplica do Obelisco da Paz), em cada um dos locais onde aconteceram fatos da Revolução.

Lançou o livro “Dom Pedrito e a Paz Farroupilha” – contando nele os fatos ocorridos em Dom Pedrito durante a Guerra dos Farrapos.

Sobre o mesmo tema, produziu um documentário em vídeo, tendo como atores (representando as tropas farroupilhas e imperialistas, assim como seus líderes), pedritenses, ligados ao tradicionalismo e à cultura gaúcha.

Escreveu também, o livro “CTG Rodeio da Fronteira – 50 anos de história”, contando a trajetória de uma das mais antigas entidades tradicionalistas do RS.

Foi Coordenador Municipal de Tradicionalismo e Assessor de Tradição e Folclore de Dom Pedrito.

Membro da Sesmaria Cultural de Dom Pedrito.

Recebeu do MTG a comenda “João de Barro”, por duas vezes, por sua dedicação a cultura do RS.

Foi homenageado como escritor pedritense na 7ª Feira do Livro.

Está em andamento a obra que conta fatos históricos ocorridos no município de Dom Pedrito, englobando as Revoluções de 1893 e 1923, tendo o lançamento previsto para breve.

É um apaixonado pela cultura do RS e de Dom Pedrito".

 
Fonte: Subcomissão de imprensa - 11ª Feira do Livro de Dom Pedrito
 

Todas as Notícias

Cidade

Tradicionalismo

Geral

Agronegócios e Meio Ambiente

Notícias do Executivo

Notícias do Legislativo

Polícia

Saúde e Lazer

Previsão Climática

Voltar ao topo