Home  //  Informações  //  Última Notícias  //  Agronegócios e Meio Ambiente
Agronegócios e Meio Ambiente
Por Lucia Nunes   
Sexta-Feira, 10 de Junho de 2016, 14:49.

 

A alimentação ideal do cavalo no dia da prova


Para que o cavalo atleta tenha um bom desempenho em suas provas, são necessários um ambiente confortável e uma alimentação adequada, que atendam todas as suas exigências energéticas. Os programas de alimentação para equinos variam de acordo com a idade, categoria e atividade para qual será destinado.

No dia da prova, os cuidados nutricionais devem ser ainda maiores, visto que o animal estará exposto a uma situação de estresse e esforço físico intenso. É importante o acompanhamento de um veterinário ou zootecnista para avaliar o comportamento digestivo e as características do equino para determinar a quantidade ideal de cada ingrediente fornecido na dieta, de acordo com as atividades que o animal irá praticar, medindo sua intensidade e o tempo do exercício físico.

Além de uma dieta balanceada, é preciso fornecer água limpa à vontade para o animal dispor de uma boa performance. A água disponível em cocho limpo é fundamental para manter o equilíbrio hídrico, evitando assim quadros de desidratação que ocasionam queda de desempenho atlético e aumentam os riscos de distúrbios gastrointestinais.

É de extrema importância a suplementação com sal mineral nos dias de prova, já que há grande perda de minerais pelo suor, especialmente do cloro, sódio e potássio. O fornecimento de sal mineral também estimula o consumo de água e auxilia o animal na manutenção da volemia (volume sanguíneo).

O funcionamento da flora intestinal tem grande influência no desempenho do animal. Portanto, a matéria-prima utilizada para a fabricação das rações deve ser de boa qualidade, para que possam ser devidamente digeridas e absorvidas pelo organismo. Outro aspecto importante é a presença da fibra longa, ou seja, o volumoso - como feno de alfafa e/ou o feno de gramínea ou até mesmo o capim in natura (capim verde) - é essencial para o funcionamento adequado do sistema digestivo e deve ser fornecido à vontade.

Além de fornecer uma dieta adequada, é necessário que os limites do animal, hábitos, horários de descanso e refeições sejam respeitados, evitando ao máximo as causas de estresse que possam influenciar negativamente no seu desempenho durante as competições.

 
Fonte: LN Comunicação
Fotos: Ilustrativa

Todas as Notícias

Cidade

Tradicionalismo

Geral

Agronegócios e Meio Ambiente

Notícias do Executivo

Notícias do Legislativo

Polícia

Saúde e Lazer

Previsão Climática

Voltar ao topo